“Fazer Avançar” do grupo Lusiaves foi apresentado na AESOURE

Já estão abertas as candidaturas ao prémio Fazer Avançar … 

O Grupo Lusiaves, líder do setor avícola em Portugal, acaba de apresentar em Soure a primeira edição do Prémio Fazer Avançar. Uma iniciativa que se enquadra no âmbito da Responsabilidade Social da Empresa e que pretende distinguir os projetos que promovam o desenvolvimento das comunidades ao nível social, económico, cultural ou ambiental, onde o Grupo está presente. Na primeira edição do “Fazer Avançar” a comunidade valorizada será o concelho de Soure.

O júri é composto por três entidades, o Grupo Lusiaves, a Associação Empresarial de Soure e o Agrupamento de Escolas Martinho Árias e vai atribuir três prémios num total de quinze mil Euros (15000€). O Primeiro prémio de sete mil e quinhentos Euros (7500€) o segundo de quatro mil e quinhentos Euros (4500€) e uma Menção honrosa no valor de três mil Euros (3000€). As candidaturas podem ser realizadas até 30 de Junho, através do site do Grupo www.grupolusiaves.pt.

O evento de apresentação decorreu no espaço INES em Soure, contando com a presença e participação dos parceiros da iniciativa, a Associação empresarial de Soure e o Agrupamento de Escola Martinho Árias. Também esteve presente o Vereador para a Ação social da Câmara Municipal de Soure, Gil Soares. Todas as entidades realçaram a importância do Grupo Lusiaves enquanto empregador na região de Soure e sublinharam o carácter inovador desta iniciativa, tratando-se de uma ação inovadora, em termos locais, no que diz respeito à forma de realizar responsabilidade social empresarial.

Consulte o regulamento aqui: http://www.grupolusiaves.pt/site/upload/files/premio-fazer-avanc%CC%A7ar-regulamento.pdf

Descarregue a minuta de inscrição aqui: http://www.grupolusiaves.pt/site/upload/files/premio-fazer-avanc%26%23807%3Bar-minuta.pdf

AESoure promove Concurso Ideias de Negócio Project For You

Hoje, Soure encara uma oportunidade de desenvolvimento de um novo ciclo de investimento e qualificação do concelho, fortalecendo os seus fundamentos identitários, patrimoniais, culturais e comunitários, persistentes ao longo do tempo, novos níveis de exigência e ambição renovada, acrescentando uma nova camada de investimento e qualificação ao  seu território.

Em busca do desenvolvimento de um processo mais rico e participado possível, a AESoure promove, até dia 15 de Junho de 2018, o Concurso Ideias de Negócio (com variadas formas e níveis de desenvolvimento) aberto a toda a população, de forma a que todos, individual ou em grupo, possam participar e construir um território cada vez mais de todos e para todos. Este concurso tem como objectivo a promoção do espírito empresarial e o empreendedorismo, nomeadamente através da criação de empresas inovadoras no sector primário, na indústria transformadora, nos serviços avançados de tecnologia, nas indústrias culturais e criativas.

Neste concurso, serão premiados os três melhores projectos. Os 3 mil euros em prémio serão atribuídos conforme apresentado no regulamento. Pode apresentar a sua ideia de negócio em apenas alguns minutos. Para isso, basta preencher os formulários disponíveis na página do concurso.

Esta iniciativa constituiu uma das actividades nucleares do Project For You, desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal de Soure e enquadra-se no Sistema de Apoio a Acções Colectivas – “Promoção do Espírito Empresarial”, financiado pelo Programa Operacional Regional do Centro, do Quadro Comunitário de Apoio Portugal 2020.

Para mais informações e candidatura ao Concurso Ideias de Negócio Project For You consulte http://projectforyou.pt/concurso-de-ideias/ 

Sessão de esclarecimento sobre apoios Portugal 2020

A AESOURE em parceria com a INOV4YOU , irá realizar amanhã dia 25/05/2018 pelas 14:30, no edifício INES (Incubadora de Negócios e Empresas de Soure)  em Soure, uma sessão de esclarecimento sobre apoios do Portugal 2020.

Nesta sessão serão destacados os novos programas:
– Jovem Agricultor
– Turismo Rural
– Outros sistemas de incentivos

A entrada é gratuita.

Formação – Implementação de requisitos do regulamento de Proteção de Dados (679/2016)

Objetivos: 

No final da ação os formandos devem estar aptos a:

  • Identificar no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (Reg. UE 679/2016) os seus Princípios, Direitos de Titulares e Obrigações das empresas responsáveis pelo tratamento de dados;
  • Entender o conceito de licitude bem como identificar algumas situações onde é necessário recolher o consentimento dos titulares dos dados para que o tratamento dos mesmos possa ser licito;
  • Caraterizar algumas operações de tratamento de dados que possam identificar nas suas organizações;
  • Definir medidas organizacionais que respondam aos requisitos do regulamento nomeadamente a implementação de uma política, a adoção de um procedimento de notificação que permita responder em caso de incidente de proteção de dados, implementação de uma metodologia de analise de riscos;
  • Conhecer uma metodologia de Análise de risco e Avaliação de Impacto.

Data: 17 de maio de 2018 | Horário: 09H às 13H e das 14H às 18H

Preço:
Sócios AESoure: 130 €  |  Não Sócios: 155 € (isento de IVA)

Local de Formação e Inscrição:
Associação Empresarial de Soure
Ed. INES Sala 0.1 – Quinta da Coutada
3130-590 Soure
Telf: 239 507 566   |  e-mail: geral@aesoure.pt

Faça aqui a sua pré-Inscrição on-line

Programa

  1. Enquadramento legal do regulamento.
  2. Princípios, Direitos e Obrigações do RGPD.
  • Medidas organizacionais e tecnológicas de resposta aos requisitos do RGPD:
    • A Política de proteção de dados e o comprometimento do responsável pelo tratamento dos dados
    • Definição de funções do Encarregado de Dados e outras figuras da Proteção de Dados
    • Exemplos de como obter e gerir o consentimento dos titulares de dados
    • Procedimentos de comunicação á CNPD e aos titulares de dados
    • Exemplos de medidas tecnológicas para a Proteção de dados
  1. As operações de Tratamento dos dados:
    • Caraterização de algumas operações de tratamento de dados
    • Finalidades das operações de tratamento de dados
    • Exemplo de uma matriz de caraterização das operações de tratamento de dados
  2. Análise de riscos associados ao tratamento de dados pessoais:
    • Noções de gestão do Risco
    • Identificação de ameaças e vulnerabilidades
    • Metodologia de análise de risco
    • Avaliação de impacto sobre a ocorrência de incidentes

Enquadramento
Proteger a informação pessoal e a integridade do consumidor, tornou-se numa prioridade máxima para a União Europeia. Com a entrada em vigor do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) 679/2016, estabelecem-se os Direitos dos cidadãos no que concerne ao tratamento dos seus dados Pessoais, bem como os Princípios da proteção dos dados e as Obrigações, das entidades, que recolhem, tratam dados de pessoas singulares, bem como regime sancionatório associado ao incumprimento do RGPD. Neste contexto, a correta implementação do Regulamento da Proteção de dados, necessita da criação de um Sistema de Gestão da Segurança da Informação, que garanta a implementação e manutenção de todos os requisitos estabelecidos pelo RGPD 679/2016.

Destinatários
Empresários, administradores e diretores de empresas, quadros da administração pública, diretores de recursos humanos e diretores ou responsáveis pela área de Tecnologias de Informação das empresas.

Formadora
 Marisol Ruivo
Licenciada em Engenharia do Ambiente no Instituto Politécnico de Leiria (Escola Superior de Tecnologia e Gestão) e Mestrada pela Universidade de Aveiro, exerce funções de Formadora, Consultora e Auditora em Sistemas de Gestão (Qualidade, Ambiente, Segurança no trabalho, Segurança alimentar e Segurança da informação) desde 2009 em diversas organizações enquanto colaboradora da CEG&ID.

 

Página 1 de 1112345...10...Ultima »

Pin It on Pinterest